terça-feira, 22 de junho de 2010

Jogo de compadres? Que nada!

Quem esperava um "jogo de compadres" entre Uruguai e México se enganou, pois o jogo foi bem movimentado e as equipes demonstraram muita vontade de vencer. O perdedor desse confronto vai enfrentar a Argentina, talvez por isso o jogo não terminou em empate, que era o que a grande maioria imaginava.

A seleção celeste venceu por 1 a 0 e com a vitória a Celeste pela primeira vez se classificou como campeã do grupo nos últimos 20 anos.

O domínio da partida se alternava sempre. Hora o Uruguai estava melhor, hora o México. Pelo que foi o primeiro tempo o zero a zero era injusto. Giovanni dos Santos acertou a trave aos 22 minutos da etapa inicial, dando um susto nos uruguaios. Quando os uruguaios chegavam assustavam e muito os mexicanos. O único gol do jogo saiu aos 43 minutos da primeira etapa, quando Cavani cruzou e Luiz Suarez fez de cabeça.

No segundo tempo o México mantinha a posse de bola maior. Continuava correndo atrás do prejuízo e o nervosismo tomou conta da partida. Acontecia de vez em quando umas chegadas fortes, mas nada que tenha feito o tempo de bola parada maior que o de bola em jogo. Quando foi avisado nos alto-falantes do estádio que a França tinha diminuído a vantagem sul-africana no outro jogo, que estava sendo realizado simultâneamente, o time mexicano "pisou no freio". Javier Aguirre preferia que seu time se defendesse e contra-atacasse para buscar a virada, para garantir o primeiro lugar e evitar a Argentina.

Quando se ouviu o apito final, os uruguaios comemoraram, mas os mexicanos não. O Uruguai tem grandes chances de enfrentar ou Coréia do Sul ou Grécia. Já o México vai enfrentar a Argentina, seleção que ambos queriam evitar.

No outro jogo, a África do Sul também venceu, mas não se classificou, pois precisava de quatro gols de diferença e venceu os franceses só por 2 a 1. Os sul-africanos entraram para a história como primeiro anfitrião a ser eliminado na primeira fase. Parreira também conquistou sua primeira vitória em Copas com outra seleção fora a brasileira.

4 comentários:

  1. Não vi esse jogo, pois estava no 39 (SPORTV) vendo França x Africa do Sul... Mas, acredito que por trás da visivel VONTADE DE GANHAR (muito bem descrita por ti, por sinal) existia uma segurança de ESTAR CLASSIFICADO, independente do adversário (O QUE É ABSOLUTAMENTE NORMAL). Queria ver a ARGENTINA ENFRENTANDO URUGUAI, acho que ia ser mais divertido ;)

    :*

    ResponderExcluir
  2. Foi um jogão. os dois times tentaram vencer. Em nenhum momento fizeram jogo de compadres. Desde o primeiro minuto, ataques dos dois lados.

    ResponderExcluir
  3. A tranquilidade de estar praticamente garantido contribuiu mesmo para a maior ousadia no jogo.
    Aquele chute do Guradado merecia entrar.

    Abração !

    ResponderExcluir
  4. Olá amigos, aceitam parceria? Confiram meu blog e vejam se vale a pena pra vocês firmarmos parceria de banners. Obrigado pela atenção!

    http://leandromarchi.blogspot.com

    ResponderExcluir

Fiquem a vontade para comentar. Será sempre bem-vindo no Fanáticos Por Futebol. É um prazer ter seu comentário aqui.

Volte sempre!